Sword Legacy: Omen, a história antes do Rei Arthur

A Lenda do Rei Arthur ganhou versões e adaptações diferentes ao longo dos séculos, e agora é a vez dos estúdios cariocas Fableware Narrative e Firecast Studio lançarem uma releitura brutal dessa história.

Sword Legacy: Omen é um RPG tático que se passa em Britannia Partida, uma terra devastada por pragas e intrigas, antes da ascenção do nascimento do Rei Arthur. O protagonista é Uther Pendragon, um cavaleiro com sede de vingança que busca pela espada lendária Excalibur com a ajuda de Merlin, o feiticeiro enigmático.

Fora os dois principais personagens, o game Sword Legacy: Omen conta com uma variedade de membros originais para a equipe, que combinam design, personalidade e estilo de combate únicos para aperfeiçoar sua estratégia.

Sword Legacy: Omen, a história antes do Rei ArthurSword Legacy: Omen, a história antes do Rei ArthurSword Legacy: Omen, a história antes do Rei ArthurSword Legacy: Omen, a história antes do Rei Arthur

Entre eles, temos Duanne, o Lanceiro Leal; Gwen, A Ladra Astuta; Felix, o Padre Fiel; Ferghus, o Bárbaro Destemido; Flint, o Protetor da Floresta; e Gorr, o Ferreiro Corajoso.

Um dos elementos que mais chama a atenção no jogo é a arte fortemente inspirada nas animações dos anos 60. Basta dar uma olhada no design dos personagens, especialmente as versões mais antigas, para sentir uma vibe meio Caverna do Dragão e, é claro, A Espada Era a Lei.

Para dar um toque de brutalidade, os ilustradores também se inspiraram no estilo sombrio das Graphic Novels, adotando sombreamento intenso no design e uma personalidade um tanto mais caótica para os personagens.

O game se passa em um cenário Candlepunk, ou seja, uma combinação de elementos medievais, como grandes castelos, cavaleiros e magos, com certa tecnologia, que você poderá explorar livremente para encontrar itens importantes e descobrir mistérios.

Sword Legacy: Omen, a história antes do Rei Arthur

Quando o assunto é jogabilidade, o game Sword Legacy: Omen segue a linha de combates em turno semelhantes ao de jogos clássicos como Final Fantasy Tactics e X-COM. Neste modelo single player, você pode combinar os diferentes estilos e habilidades do seu grupo para lançar combos.

O game também conta com o tradicional recurso de customização de personagens, com direito a mais de 70 habilidades passivas e ativas para desbloquear. Assim, você pode organizar melhor seu grupo e adaptar os personagens ao seu estilo de combate.

Para tornar tudo mais divertido, você pode interagir com o cenário, explodindo barris de pólvora em cima dos seus inimigos ou empurrando-os de penhascos. Com certeza, isso contribui para uma experiência muito mais estratégica e imersiva.

Sword Legacy: Omen, a história antes do Rei Arthur

Uma outra característica interessante é o sistema de estresse. Assim como os games tradicionalmente contam com barras de vida, stamina e magia, Sword Legacy: Omen tem a força de vontade. Deixe essa barra esgotar e seus personagens entrarão em desespero.

O lançamento de Sword Legacy: Omen está planejado para o início de 2018 na Steam. Enquanto isso, o game já foi indicado para diversos prêmios e ganhou o primeiro lugar na categoria Melhor Narrativa do SBGames Festival 2016.

Confira o trailer oficial de Sword Legacy: Omen

<

Written by: Escritor MaxRender

Revista Brasileira de Computação Gráfica com foco nos melhores projetos nacionais e eventos.

No comments yet.

Leave Your Reply

MAXRender

A MaxRender foi fundada em 2012 em parceria com a Ramos3D Studio com objetivo de cobrir a interseção entre computação gráfica, artes e cultura.

Sua missão é valorizar e incentivar os projetos de excelência que são realizados em território nacional bem como seus criadores.

Tweets

A 4ª Edição da Revista Maxrender já está disponível para download. Garanta já a sua DOWNLOAD:… https://t.co/oDAfJJFpsJ
Tcheco in the Castle of Lucio https://t.co/rT0kpjNYSt
Perca-se em Labyrinx, o novo board game da Red Nerds! https://t.co/yKThDfN3gr https://t.co/lC5NNP6A2M