Artigo

Artigos

Artigos

Brazilian Computer Graphics Magazine 2017

Campus Party: saiba mais sobre esse grande evento de tecnologia

22-03-2021

campus-party:-saiba-mais-sobre-esse-grande-evento-de-tecnologia


Em um mundo cada vez mais globalizado, os grandes eventos se tornam marcas mundiais. No ramo da tecnologia, criatividade e inovação, a Campus Party surge como este momento de trocas de experiências, gerando capacidade de aprendizado e crescimento para todos os participantes.

Neste texto, vamos abordar de forma mais clara e detalhada alguns dos tópicos que fazem com que este evento seja uma grande referência no mundo da tecnologia, que cresce cada vez mais, gerando soluções criativas para diversas demandas da sociedade atual.

Onde surgiu a Campus Party e como ela se expandiu?

A primeira edição da Campus Party aconteceu em 1997, na Espanha, com intuito principal de ser uma feira de tecnologia e também um evento para jogadores de games se unirem e, por meio de uma conexão comum, disputarem jogos virtuais entre si, nos chamados multiplayers.

O crescimento da Campus Party foi exponencial desde então, ganhando diversas edições em vários países. Na América Latina, a cidade de São Paulo foi a primeira sede, em 2009. De lá para cá, outras cidades brasileiras também passaram a receber o evento, aumentando sua abrangência em solo nacional.

Geralmente, há uma divisão em setores na Campus Party, por conta das diversas áreas que se relacionam intimamente com a tecnologia. São eles: Ciência, Criatividade, Inovação, Games e Softwares. Cada uma com suas particularidades, juntas formam o que há de mais moderno na busca por soluções para o futuro da humanidade.

Objetivos e debates da Campus Party

A Campus Party tornou-se, com o ganho de credibilidade e de fama ao redor do mundo, um polo no qual diversas pessoas, interessadas e mergulhadas no mundo da tecnologia, apresentam suas ideias, trocam conhecimentos com companheiros de função, realizam estudos e compartilham códigos, entre outras diversas formas de expandir e melhorar a produção de conteúdo digital e tecnológico.

Além disso, o evento também gera debates fundamentais em vários dos aspectos relacionados à segurança dos dados digitais. Com palestras, encontros e discussões entre especialistas, busca-se avançar nesta área tão fundamental. Com o crescimento da utilização de informações no mundo virtual, proteger todo o conteúdo que passa por este espaço é uma necessidade cada vez mais latente.

Democratização do acesso à tecnologia

Ainda falando sobre objetivos da Campus Party, é importante citar o fomento que um evento deste tamanho dá para a democratização dos meios tecnológicos. Trabalhar e lidar com altos graus de conhecimento na área não é barato, mas é fundamental que, cada vez mais, as pessoas tenham acesso aos conteúdos gerados, como uma forma de aumento do conhecimento e possibilidades de ascensão pessoal, social e profissional.

Estimativas apontam que mais de 30 mil pessoas, na América Latina, foram introduzidas a este segmento pela Campus Party. Mesmo que seja difícil saber quantas realmente evoluíram no tema, o fato é que o acesso, por si só, coloca estes indivíduos em contato com o que há de mais moderno na área.

Além disso, a Campus Party costuma ter algumas competições, muitas vezes entre equipes, valendo dinheiro para financiar projetos e ideias que possam ser úteis no futuro da sociedade.

Estas são algumas das características principais deste evento que já soma mais de 20 anos desde sua primeira edição na Espanha. A cada ano, surgem novidades e a importância aumenta. O fato é que a Campus Party tornou-se uma referência na busca por soluções tecnológicas e, com isso, ajuda as grandes mentes da inovação e da criatividade a se unirem em um mesmo local.

Gostou deste conteúdo? Baixe também nossas edições da revista gratuitamente - DOWNLOAD . Não perca tempo e expanda ainda mais seu conhecimento.

Seja avisado quando a nova edição for lançada