Artigo

Artigos

Artigos

Brazilian Computer Graphics Magazine 2019

Drible zumbis no indie game brasileiro Zumbi Olé

O futebol não foi inventado no Brasil, mas os brasileiros abraçaram esse esporte como um patrimônio nacional. Já os zumbis são uma paixão que não morre no meio geek. Junte os dois e o resultado é Zumbi Olé, um indie game extremamente brasileiro desenvolvido em uma parceria do Carranca Games com a Trixter Interactive.

O que você faria se os seus sonhos fossem destruídos pelo apocalipse zumbi? Ok, é um pouco difícil de imaginar essa situação na vida real, mas em Zumbi Olé, o jogador controla Yara, uma garota que sonhava em ser jogadora de futebol. Quando o apocalipse acontece, ela decide seguir sua vocação e usar a bola para driblar os zumbis enquanto seu irmão filma tudo para a posteridade.

O objetivo do jogador em Zumbi Olé é driblar a maior quantidade de zumbis possível sem ser mordido antes da bateria da câmera filmadora acabar. Quando acaba a bateria ou os zumbis pegam a Yara, é game over.

drible-zumbis-no-indie-game-brasileiro-zumbi-ol

Os controles são simples e feitos para mobile. Basta deslizar o dedo nos cantos da tela conforme os zumbis aparecem, driblando um por um e fazendo-os desaparecer. O jogador pode fazer movimentos como chute, trombada, embaixada, entre outras opções clássicas do futebol.

Para que a bateria da câmera não acabe antes da hora, Yara deve coletar baterias pelo cenário, o que com certeza aumenta a dificuldade do game. Além disso, o game também conta com uma passagem do tempo do dia para a noite. Prepare-se para driblar zumbis no escuro e enfrentar zumbis cada vez mais rápidos e inteligentes conforme avança no jogo.

Zumbi Olé é uma releitura super brasileira do apocalipse zumbi e de clássicos como Plants vs Zombies. A princípio, o enredo é mais do que surpreendente, chega a ser um pouco bizarro, mas é divertido observar como os elementos da nossa cultura se encaixam no game.

drible-zumbis-no-indie-game-brasileiro-zumbi-ol

A arte de Zumbi Olé tem um estilo cartunesco, com direito a cenas em animação 2D. Os cenários são coloridos e vibrantes, e a trilha sonora é super animada, o que combina com o clima descontraído do game. Nada de apocalipse zumbi assustador, aqui é hue hue br.

Outro ponto positivo de Zumbi Olé é que o jogo está disponível totalmente em português do Brasil. É o esperado de um indie game brasileiro, mas infelizmente não é o que sempre acontece. Muitas vezes o foco dos estúdios é tão voltado para o público internacional que o game é disponibilizado apenas em inglês.

Zumbi Olé está disponível gratuitamente para Android na Google Play e para iOS na App Store.