Artigo

Artigos

Artigos

Brazilian Computer Graphics Magazine 2019

Guerreiros Folclóricos, o game inspirado na mitologia brasileira

20-04-2018

O folclore brasileiro é riquíssimo, mas muito pouco aproveitado na cultura nerd. Entre os gamers, há um forte culto à mitologia nórdica, por exemplo, mas os mitos do nosso próprio país ficam de lado. Guerreiros Folclóricos visa trazer essa representatividade em um game voltado para o público adulto, apresentando desde as figuras mais conhecidas do nosso folclore até as mais obscuras. Desenvolvido pelo estúdio Unique Entretenimento Digital, sediado na Bahia, o game Guerreiros Folclóricos tem forte inspiração em títulos como Skyrim e God of War, que trabalham em cima das mitologias grega e nórdica. Guerreiros Folclóricos se passa no “nosso” mundo e no Mundo das Lendas, Akakor. No passado, as criaturas de Akakor transitavam o nosso mundo, cada uma com seus próprios objetivos, fossem eles a preservação da natureza ou o terror dos humanos. guerreiros-folcloricos-o-game-inspirado-na-mitologia-brasileira Mas o Saci não estava satisfeito com essa situação, e acreditava que os humanos não eram dignos de dominar a Terra. Por isso, montou um exército de criaturas malignas e as enviou para o nosso mundo. Contudo, Saci não ganhou esta batalha e foi banido no Mundo das Lendas. Em seu banimento, Saci ganhou poder e se tornou o rei de Akakor, até que cerca de 300 anos mais tarde, decidiu tentar invadir novamente a Terra para se vingar e dominar. O jogador controla Kambaí, um lendário guerreiro indígena que é enviado para Akakor com o objetivo de derrotar o Saci de uma vez por todas, livrando o Mundo das Lendas de seu domínio maligno. Nessa missão, Kambaí enfrentará criaturas inimagináveis e fará alianças inesperadas. guerreiros-folcloricos-o-game-inspirado-na-mitologia-brasileira Um dos pontos fortes de Guerreiros Folclóricos é a arte conceitual, que dá uma cara mais sombria para as figuras do nosso folclore. Para quem teve contato com algumas dessas personagens quando criança e está acostumado com representações mais infantis, as ilustrações de Guerreiros Folclóricos representam uma reconceituação radical. A equipe do Unique Entretenimento Digital também tomou a liberdade de mudar um pouco algumas lendas para melhor se encaixar no game. A ideia era encaixar o máximo possível do nosso folclore, sem se limitar por questões regionais. O jogador deve estar preparado para aceitar essas personagens como elas são no universo de Guerreiros Folclóricos. Fora o protagonista Kambaí e o antagonista Saci, algumas das personagens de destaque cujas artes conceituais já foram divulgadas são:

Guerreiros Folclóricos – Naurú

guerreiros-folcloricos-o-game-inspirado-na-mitologia-brasileira A versão de Guerreiros Folclóricos do mito dos lobisomens, que vivem em uma tribo de homens-lobo, capazes de se transformar o mês todo e com aparência semelhante à do lobo guará.

Guerreiros Folclóricos – Cuca

guerreiros-folcloricos-o-game-inspirado-na-mitologia-brasileira Uma bruxa maligna e traiçoeira, que se alimenta de homens destemidos. Essa personagem, inspirada em uma figura folclórica que ficou muito conhecida por causa do Sítio do Pica-Pau Amarelo, aparece em uma versão totalmente assustadora em Guerreiros Folclóricos.

Guerreiros Folclóricos – Iara

guerreiros-folcloricos-o-game-inspirado-na-mitologia-brasileira Iara era uma jovem índia de origem misteriosa e habilidades impressionantes. Ela foi apelidada de Mãe D’Água pela sua capacidade de ficar submersa por longos períodos e atrai a atenção com sua beleza fora do comum e seu olhar profundo e sereno, capaz de desnortear até os guerreiros de coração fechado.

Guerreiros Folclóricos – Mapinguari

guerreiros-folcloricos-o-game-inspirado-na-mitologia-brasileira O Mapinguari é um monstro de dois metros de altura com uma boca tão grande que mais parece uma fenda, feita para devorar cabeças humanas e atordoar seus inimigos com rugidos tenebrosos.

Guerreiros Folclóricos – Corpo-Seco

guerreiros-folcloricos-o-game-inspirado-na-mitologia-brasileira Poucas pessoas sabem que o folclore brasileiro também tem seus “zumbis”. Os corpos-secos são homens amaldiçoados por buscar tesouros de uma civilização antiga do Mundo das Lendas. Como punição, foram expulsos de seus túmulos em estado de decomposição e condenados a vagar pela Terra em busca de vítimas.

Previsão do lançamento de Guerreiros Folclóricos

O jogo Guerreiros Folclóricos ainda está em desenvolvimento. Em 2017, o Unique Entretenimento Digital lançou uma campanha de financiamento coletivo na Catarse, mas a meta de R$ 150.000 não foi atendida. Atualmente, o projeto Guerreiros Folclóricos conta com apoio SECTI, do Governo da Bahia, e foi lançado um ebook ilustrado referente ao primeiro capítulo da história. O objetivo é levantar fundos para o game com as vendas do ebook e trazer mais visibilidade para o projeto. Compre agora o ebook Guerreiros Folclóricos na Amazon! O lançamento do game para PC, Xbox One e PS4 está previsto para o fim de 2018.

Dê uma olhada no gameplay de Guerreiros Folclóricos: