Artigo

Artigos

Artigos

Brazilian Computer Graphics Magazine 2019

Mini Ini Mo, o puzzle platformer do GILP Studio

Quando o assunto é jogo para celular, puzzles casuais com personagens fofinhos são a fórmula do sucesso. Em Mini Ini Mo, o GILP Studio apostou nisso e acertou em cheio. Lançado em 2013, o game de estreia deste estúdio indie brasileiro já foi parar em premiações internacionais como finalista do Google Play Indie Game Festival LATAM.

Em Mini Ini Mo, você controla os três personagens que deram o nome ao game (Mini, Ini e Mo). Cada um tem características únicas e, quando você combina suas habilidades, consegue superar todos os obstáculos. O game se trata de um puzzle, logo, é importante usar o raciocínio lógico para entender quem precisa fazer o quê se você quiser passar de fase.

Como a maioria dos games para celular, Mini Ini Mo tem uma história simples. Essas criaturinhas estranhas estavam presas em um laboratório, até que Mini, o vermelhinho que tem braços, consegue se libertar. A partir daí, o objetivo é libertar Ini, o amarelinho com pernas, e Mo, o azulzinho gordo com uma boca enorme, e voltar para casa. Nesse ponto, o game tem algumas características de aventura.

mini-ini-mo-o-puzzle-platformer-do-gilp-studio

O game Mini Ini Mo conta com três locais diferentes (laboratório, esgoto e aeroporto) e 21 níveis com 45 desafios. As primeiríssimas fases são bem simples, para que o jogador se acostume com os controles e aprenda o básico sobre um personagem de cada vez, mas o game rapidamente fica mais difícil.

A cada nova habilidade adquirida, aparece uma instrução simples e direta de como usá-la. De certa forma, é como se o jogo ficasse em um longo modo tutorial, mas de maneira super intuitiva e nada intrusiva.

Em relação às habilidades de cada personagem, dá para imaginar o que cada um é capaz de fazer só de olhar para o visual. Mini tem braços, logo, pode puxar as alavancas. Ini tem perninhas, por isso pode pular de uma plataforma para outra. Mo tem uma boca enorme e sua especialidade é comer coisas, como caixas.

mini-ini-mo-o-puzzle-platformer-do-gilp-studio

A primeira habilidade conjunta que você aprende é como fazer um bichinho montar em cima do outro, mas o game conta com ações ainda mais sofisticadas. Por exemplo, ainda no laboratório você aprende como fazer Mo colocar Mini em sua boca e, em seguida, levar um chute de Ini, que arremessa Mini para longe.

Os controles de Mini Ini Mo são simples e super responsivos, seguindo o modelo point and click. Dá para notar que o game foi feito pensando especialmente no touch screen e por isso funciona tão bem. Para mover um personagem, basta clicar no destino desejado. Para realizar uma ação, basta clicar no ícone. E para mudar de um personagem para outro, basta clicar no personagem desejado.

O design e a trilha sonora de Mini Ini Mo são um forte a parte. Além do design de Mini Ini Mo ser super fofo, a equipe fez um ótimo trabalho em distinguir os personagens e os itens do resto do cenário. Em geral, os cenários de cada local em Mini Ini Mo tem uma paleta de cores com pouca variação, enquanto os personagens e os itens são super coloridos e chamativos. Pode parecer óbvio, mas muitos games pecam justo nesse quesito.

mini-ini-mo-o-puzzle-platformer-do-gilp-studio

O único ponto negativo de Mini Ini Mo são os bugs do jogo. Por exemplo, não existe morte ou game over neste game, mas se o seu personagem estiver na plataforma certa na hora errada, ele pode desaparecer da tela sem querer e você terá que reiniciar a fase manualmente.

Em geral, Mini Ini Mo é um game excelente, que cumpre lindamente o papel ao qual se propôs: ser um puzzle platformer casual para celular. O game é bom, bonito, gratuito e desafiador na medida certa. Mini Ini Mo está disponível para Android.