Artigo

Artigos

Artigos

Brazilian Computer Graphics Magazine 2017

Necrosphere: morra várias vezes neste platformer totalmente viciante

28-08-2017

Conheça o game Necrosphere, um platformer bem retrô com os controles mais simples que você pode pedir e as fases mais bizarramente difíceis para frustrar e viciar gamers ávidos. Necrosphere realiza o sonho de quase todo programador de games. Isto é, criar um game hiper mega difícil e com um universo interessante, que é a cara de quem o criou. necrosphere-morra-varias-vezes-neste-platformer-totalmente-viciante Caio Lopez, co-fundador do estúdio independente Cat Nigiri, conseguiu cumprir essa missão com maestria e, o mais incrível, em grande parte como um projeto secreto e de segundo plano. A ideia de desenvolver um jogo de plataforma com controles hiper simples já estava na cabeça de Caio Lopez há muito tempo, desde antes do Cat Nigiri lançar Dream Swim. Pode-se dizer que Dream Swim foi o primeiro passo da equipe em direção a esse ideal. O game disponível para iOS e Android conta com controles bem simples, só para direita e esquerda, mas ainda faltava o nível de profundidade que Caio um dia alcançaria com Necrosphere. Foi durante a produção de Keen, projeto principal do estúdio com lançamento previsto para o começo de 2018, que Caio decidiu, em seu tempo livre e sem a ajuda do resto da equipe, começar a desenvolver Necrosphere. necrosphere-morra-varias-vezes-neste-platformer-totalmente-viciante O projeto foi apresentado à equipe quando já estava quase tudo pronto. Basicamente, só faltava a arte. Necrosphere foi aceito com unanimidade e a simplicidade do jogo fez com que ele ganhasse destaque na equipe, com lançamento planejado para antes mesmo de Keen. A Steam Greenlight  também aprovou o game incrivelmente rápido. Em pouco mais de uma semana Necrosphere e com uma quantidade de views pouco favorável, o game foi aceito para o bem de todos e felicidade geral da nação. O lançamento oficial do game está marcado para 1º de setembro na Steam,com versões para iOS, Android, Xbox One e PS4 previstas para o fim do ano. Enquanto isso, o game marcou presença como finalista nas categorias Best Brazilian Game, Innovation e Gameplay no Big Festival 2017.

Entenda a Jogabilidade e História de Necrosphere

necrosphere-morra-varias-vezes-neste-platformer-totalmente-viciante Com certeza, Necrosphere já se destaca só pela história por trás do seu desenvolvimento, mas nada disso teria valor se não fosse um game sensacional. Esqueça os desenvolvedores e todo o resto. Quando você começa a jogar Necrosphere, dá vontade de parar tudo e seguir nessa jornada obscura até fechar o jogo, ainda que você tenha que morrer trocentas vezes no caminho. A história é básica, mas bem instigante ao mesmo tempo. O protagonista é o agente Terry Cooper, que, depois de morrer, vai parar na Necrosfera: a dimensão paralela onde todos os mortos vão para passar a eternidade em solidão e tédio... mas é aí que começa a diversão! necrosphere-morra-varias-vezes-neste-platformer-totalmente-viciante Os parceiros de Terry que ainda vivem descobrem um portal que pode levar o agente de volta para a Normalsfera (o mundo dos vivos, é claro) e enviam mensagens para guiá-lo em uma missão quase impossível. É morrer para viver de novo. Morrer muito. Várias vezes. É o verdadeiro inferno. E é exatamente aí que Necrosphere nos conquista. Além de ter uma pixel art no melhor estilo saudosista, o game equilibra muito bem o nível de dificuldade com a paciência dos jogadores, evitando o famigerado rage quit (aquela hora que você fica tão revoltado que quer jogar o controle na TV e nunca mais olhar pra trás). Com jogabilidade 100% intuitiva e mais simples impossível (só DOIS botões) combinada a fases cada vez mais desafiadoras, um dos segredos desse equilíbrio é a facilidade para morrer e voltar. Cada vez que o jogador morre, ele ressuscita na mesma hora e quase no mesmo lugar, sem estresse, sem complicações. Segue o baile. necrosphere-morra-varias-vezes-neste-platformer-totalmente-viciante A estética e jogabilidade do jogo é nitidamente inspirada em títulos metroidvania, como Super Meat Boy e VVVVVV. Tanto que um dos depoimentos de destaque sobre o jogo na descrição da Steam é “Sensacional. Esse jogo devia se chamar Supermeatbroidvvvvvvania”... seguido, é claro, pelo mais expressivo depoimento: "FILHO DA P---A!" (a interjeição que expressa o que todos nós sentimos jogando Supermeatbroidvvvvvvania). A duração do jogo é estimada para em torno de 3 a 4 horas, mas um gamer impecável poderia terminar em meia hora. Ou pelo menos é o que os desenvolvedores disseram. E, para coroar, você ainda vê o agente Terry Cooper usando uma roupinha de bailarina. Adorável. A demo de Necrosphere está disponível aqui. E se você comprar a versão deluxe do jogo, você ganha acesso a uma fase exclusiva hiper difícil (como todo o jogo). No geral, o game Necrosphere é um título para os jogadores apaixonados por desafios e que não resistem a uma frustraçãozinha. É o efeito hate to love e love to hate, não é? Não perca mais tempo. Vá jogar a demo você mesmo e deixe um comentário aqui depois!

Gameplay Trailer de Necrosphere:

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=2JfmuqKgeug[/embedyt]

Seja avisado quando a nova edição for lançada